Relés de nível eletrônicos microprocessados Tipo: DPX-114 e DPX-123

By 6 de Fevereiro de 2016CONTROLES DE NÍVEL

Relés de nível eletrônicos microprocessados

Tipo: DPX-114 e DPX-123

Introdução

Os relés de nível eletrônicos microprocessados tipos DPX-114 e DPX-123 foram desenvolvidos para controle e/ou supervisão automática do nível de líquidos condutores de corrente elétrica, não combustíveis, comandando solenóides, contatores de moto-bombas ou simplesmente alarmes luminosos e/ou sonoros. Montados em caixas plásticas, compactos, apresentando alta resistência a choques, vibrações e alta imunidade a ruídos elétricos, além de possuirem um sistema de fácil fixação em trilho DIN ou por parafusos, mediante adaptador opcional.

DPX-114: Possuí um relé de saída para controle de somente um dispositivo (alarme, solenóides, contatores de moto-bomba). Possui leds indicativos de eletrodos e relé energizados.
DPX-123: Possui dois relés de saída para controle de dois dispositivos (alarmes, solenóides, contatores de moto-bomba) de forma alternada: energiza e desenergiza primeiro o relé da saída 1, no próximo ciclo energiza e desenergiza o relé da saída 2 e no próximo volta a energizar e desenergizar o relé da saída 1 e assim sucessivamente, alternando o ciclo de trabalho das saídas, (como por exemplo: revezando as bombas). Possui leds indicativos de alimentação e o estado dos relés saída 1 (R1) e saída 2 (R2), acesos quando energizados.

Funcionamento

O principio de funcionamento é condutivo, transmitido pelo próprio liquido por meio de eletrodos nele inserido. Um circuito eletrônico compara os valores com um valor selecionado no frontal através de um trimpot. Quando o liquido condutor cobrir ou descobrir o eletrodo de nível em relação ao eletrodo de referência, estes irão atuar no comando de relés de acordo com os seguintes modos:
MODO-1: Monitorar simultaneamente o nível de dois reservatórios de líquidos, mantendo o superior sempre cheio e prevenindo que o reservatório inferior esvazie completamente. Neste caso são utilizados três eletrodos em cada reservatório sendo eles para o reservatório superior: Es1=Eletrodo nível superior, Ei1=Eletrodo nível inferior e Er=Eletrodo referencia; e para o reservatório inferior os eletrodos: Es2=Eletrodo nível superior; Ei2=Eletrodo nível inferior; Er=Eletrodo referencia;

Exemplo: caixa d’água alimentada por poço artesiano, mantém a caixa cheia e protege a bomba submersa de partir com o nível baixo para não danificá-la.

O relé de saída estará energizado (BOMBA Ligada) led Saída aceso, quando o liquido estiver cobrindo os dois eletrodos do reservatório inferior (Es2 e Ei 2) e assim permanece até que liquido cubra o eletrodo superior (Es1) do reservatório superior, desenergizando o relé de saída, led Saída se apaga.
Havendo consumo, o eletrodo superior (Es1) será descoberto, o relé de saída permanece desenergizado. Quando o líquido descobrir o eletrodo inferior (Ei1) o relé de saída será energizado, led Saída se acende, e assim permanece até que o nível volte a cobrir o eletrodo superior (Es1), desenergizando o relé, e assim sucessivamente. Durante a operação reposição, o nível do reservatório tende a baixar, podendo descobrir o eletrodo superior do reservatório inferior (Es2). Assim mesmo o relé de saída permanece energizado, visto que ainda há líquido no reservatório inferior. O relé só desenergizará se o nível da caixa superior for atingido ou o eletrodo inferior do reservatório inferior (Ei2) for descoberto – falta de líquido no reservatório. Se esta condição vier a ocorrer, à bomba só voltará a ligar quando os dois eletrodos do reservatório inferior (Ei2) e (Es2) forem cobertos novamente.

MODO-2: Controle de nível de um único reservatório, mantendo o mesmo sempre cheio. Neste caso são utilizados três eletrodos para o reservatório, Es1/Ei1/Er para o reservatório (Ex.: caixa d’água), as entradas “Es2Ei2” devem ser conectadas a “Er” por meio de “JUMPER”.

O relé de saída permanece energizado até que o liquido cubra o eletrodo superior (Es1) do reservatório, assim desenergizando o relé de saída, led Saída se apaga. Havendo consumo o liquido irá descobrir o eletrodo superior (Es1) do reservatório, o relé de saída permanece desenergizado e somente quando descobrir o eletrodo inferior (Ei1) voltará a energizar o relé de saída, led Saída se acende.

MODO-3: Controle de nível de um único reservatório, mantendo o mesmo sempre vazio ou protegendo uma bomba para que somente ligue se o nível de líquido estiver seguro. Neste caso são utilizados três eletrodos para o reservatório, Es2 – Ei2 – Er para o reservatório inferior (Ex.: poço artesiano). As entradas Es1 e Ei1 devem estar desconectadas. O relé de saída permanece desenergizado até que o líquido cubra o eletrodo superior (Es1) do reservatório, energizando o relé de saída, led Saída se acende. Havendo consumo o liquido irá descobrir o eletrodo superior (Es1), o relé de saída permanece energizado e somente quando descobrir o eletrodo inferior (Ei1) voltará a desenergizar o relé de saída, led saída se apaga.

NOTA: Em todos os modos é possível utilizar somente dois eletrodos em cada reservatório, desta forma tendo um único ponto de nível em cada reservatório atuando sobre o relé, sendo:

  • Reservatório Superior somente o eletrodo referencia (Er) e o eletrodo de nível superior (Es1) e colocando um “JUMPER” entre os bornes referentes aos eletrodos Es1 e Ei1.
  • Reservatório inferior somente o eletrodo referencia (Er) e o eletrodo de nível inferior (Ei2) e colocando um “JUMPER” entres os bornes referentes aos eletrodos Es2 e Ei2.

Diagrama(s) de funcionamento

reles-de-nivel-eletronicos-microprocessados-DPX-114-diagrama

Diagrama(s) de ligação

reles-de-nivel-eletronicos-microprocessados-DPX-114-ligacao

Dados técnicos

Alimentação (-15% +10%)
12 – 24 Vcc / 24 – 48 – 110 – 220 Vca (especificar)
Frequência da rede
50 – 60 Hz
Consumo
5 VA (aproximadamente)
Eletrodos
Não acompanham
Tensão nos eletrodos
24 Vcc
Corrente máxima nos eletrodos
± 1 mA
Ajuste de sensibilidade Ajustável
0 a 100 kohms
Quantidade de saída(s)
DPX-114: 1 x NA/NF DPX-123: 1 x NA/NF E 1 x NA
Capacidade máxima de saída
5 A 250 Vca máx. carga resistiva
Retardo desligamento saída bomba
Fixo 1 seg
Material dos contatos
AgCdO
Vida útil dos contatos

Mecânica (sem carga): 10.000.000 Operações

Elétrica (com carga resistiva): 1.000.000 Operações
Temperatura ambiente
De trabalho: 0 a 50°C De armazenamento: -10 a 60°C
Umidade Relativa de Trabalho
20 a 90 % sem condensação
Grau de Proteção da caixa
IP 51
Grau de Proteção nos terminais
IP 20
Capacidade dos Terminais

Fio: 2,5 mm² | Cabo: 2,5 mm²

Condutor com terminal: 2,5 mm²
Torque de aperto: 0,5 – 0,6 Nm
Resistência da Isolação
>50 Mohm / 500 V
Fixação
Trilho DIN 35 mm ou parafusos com acessório opcional

Dimensões (mm)

reles-de-nivel-eletronicos-microprocessados-DPX-114-dimensoes