Detectores de movimento Tipo: MPU-1, MPU-13 e EPU-1

By 6 de fevereiro de 2016DETECTORES DE MOVIMENTO

Detectores de movimento

Tipo: MPU-1, MPU-13 e EPU-1

Introdução

Os detectores de movimento tipos MPU-1, MPU-13 e EPU-1, são aparelhos projetados para supervisionar a velocidade linear ou de rotação em máquinas e equipamentos. São aplicados, desta forma, na função de proteção de equipamentos, de operadores, de sincronismo de movimentos de transporte, etc. Montados em caixa plástica de ABS, apresentam alta resistência à choques, vibrações, além de possuírem um sistema de fácil fixação em trilho DIN, ou por parafusos.

Funcionamento

O movimento, linear ou de rotação, do equipamento tem sua velocidade convertida em pulsos elétricos por um sensor indutivo. O intervalo de tempo entre dois pulsos consecutivos é comparado com o tempo pré-determinado ao se ajustar a sensibilidade no frontal do aparelho. Desta comparação resulta o estado, energizado ou desenergizado do relé de saída, sendo detectada, desta forma, sub ou sobre velocidade.

TIPOS MPU-1 E MPU-13

Estes aparelhos supervisionam a velocidade do equipamento mantendo o relé de saída energizado enquanto a mesma for maior que o valor ajustado e desenergizado quando for menor. No modelo MPU-1, se os terminais M1 e M2 forem conectados entre si, o relé de saída, uma vez desenergizado, ficará nesse estado mesmo que a velocidade volte ao seu valor nominal. Esta função não existe no modelo MPU-13.

TIPOS MPU-1

Este aparelho supervisiona a velocidade do equipamento da mesma forma que o modelo MPU-1 diferindo, apenas, nas seguintes características: Tempo de Partida: Este intervalo deve ser ajustado em função do tempo necessário para que seja atingida a velocidade de trabalho. Histerese: Permite que a rotação caia de uma certa porcentagem do valor nominal sem que o equipamento seja desligado. Chave de Calibragem: A chave na posição “calibragem” coloca os contatos de saída na posição de trabalho permitindo que o sistema opere após o qual a chave deve voltar para a posição “calibrado”. Memória: Após a detecção de subvelocidade ou sobrevelocidade, o relé de saída voltará ou não para a posição de trabalho dependendo das conexões dos terminais de memória do aparelho. Se existir conexão entre os bornes 15-16 os contatos de saída voltam automaticamente ao trabalho quando a velocidade voltar ao seu valor nominal. Caso a conexão esteja entre os bornes 16-17, os contatos só retornam quando acionado o “RESET” frontal ou remoto.

Diagrama(s) de funcionamento

detectores-de-movimento-MPU-1-diagrama

Diagrama(s) de ligação

detectores-de-movimento-MPU-1-diagrama-ligacao

Dados técnicos

Alimentação ( -15% +10% )MPU-1 e MPU-13: 24Vcc, 24, 110, 220, 380 ou 440 Vca (especificar)

EPU-1: 110/220 Vca

Frequência da redeMPU-1 e MPU-13: 50 ou 60 Hz (especificar)

EPU-1: 50 – 60Hz

Consumo3 VA
HistereseEPU-1: ajustável 0 a 10%
Escalas

RPM

MPU-1 e MPU-13: 5 a 50, 50 a 500, 500 a 3000 ou 3000 a 10000 (especificar – outras sob consulta)

EPU-1: 12,5 a 10000 rpm selecionáveis

Tempo de partidaEPU-1: ajustável de 0 a 20 segundos
Contatos de saída5A máx. em 250Vca carga resistiva
Número de contatosMPU-1 e EPU-1: 1 reversor

MPU-13: 1 reversor e 1NF

Temperatura ambiente0 a +50ºC

Dimensões (mm)

detectores-de-movimento-MPU-1-dimensoes

 

WhatsApp chat