Para-raios de baixa tensão Tipo: PRL-1 e PRL-3

By 6 de Fevereiro de 2016PROTEÇÃO ELÉTRICA

Para-raios de baixa tensão

Tipo: PRL-1 e PRL-3

Introdução

Os para-raios de baixa tensão fabricados segundo a norma NBR-5410,e  são dispositivos destinados à proteção de instalações elétricas contra surtos de tensão provocados por descargas atmosféricas na linha de alimentação do sistema. Os para-raios tipo PRL-1 e PRL-3 são do tipo centelhamento, para correntes nominais de 5kA e máximas de 10kA.

Funcionamento

Os terminais do para-raios são internamente conectados a centelhadores calibrados para um valor de tensão de ruptura determinado, que ao ser superado provoca uma centelha que é “apagada” na câmara de extinção desse dispositivo. O transiente provocado pela descarga inicial é então desviado para a terra. O sistema de aterramento através do qual será feita a descarga deve ser executado segundo as normas técnicas aplicáveis e garantir resistência de aterramento inferior a 10 Ohms. No caso de proteção de poços artesianos, as tubulações metálicas dos mesmos podem ser utilizadas como condutor terra.

Obs.: Estes dispositivos não deverão ser utilizados em locais com risco de explosão.

Principais Aplicações

Os para-raios de linha da série PRL são apropriados para proteção de quadros de comando, equipamentos sujeitos a descargas atmosféricas tais como, bombas submersas, bombas de recalque, sistemas de irrigação, etc. montados em locais descampados ou por onde passam linhas aéreas de energia elétrica, como em zonas rurais.

Dados técnicos

Tensão média de disparo

PRL-1: 1300 Vca

PRL-3: 2400 Vca
Pico de disparo
3,7 kV
Corrente de descarga nominal (2ms)
5.000 A
Corrente de descarga máxima
10.000 A
Tipo de rede/quantidades de pára-raios

PRL-1: 220 Vca monofásico: 1

PRL-1: 220 Vca trifásico ou bifásico: 2

PRL-3: 380 / 440 Vca trifásico: 3
Nível de isolação
35 kV/mm
Cabos de ligação
Bitola: 4 mm² Comprimento: 300 mm
Fabricação
Resina auto-extinguível
Eletrodo
Combinação de aço, cobre e material isolante

Dimensões (mm)
Para-raios-de-baixa-tensao-PRL-1-dimensoes